Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Eu leio as avaliações da Amazon

Olá, Galera!
Amo ler!!! Já imagino vocês pensando: Que novidade!!! (risos). Mas eu queria dizer que sendo um leitor, tenho que consumir livros, ou seja, comprá-los. Grande parte de minhas compras são feitas no site da Amazon, e por isso, observo as classificações recebidas pelos livros e leio as avaliações.
Ao notar certas coisas, ficava espantado. Percebi que excelentes livros tinham péssimas classificações. De repente, obras clássicas já consagradas como as primícias da Literatura recebiam classificações tão baixas que julgava os leitores como pessoas de péssimo gosto. Sei que vale o ditado: "Gosto não se discute". Mas até que ponto não se discute mesmo? Ficava muito intrigado com essas coisas. 
Observei que outros sites de compra também permitem as classificações e avaliações, embora não sejam tão evidenciados como a Amazon. Infelizmente, todos que permitem que o leitor avalie as obras traziam essa questão de livros consagrados como excelentes receberem péssimas notas.
Comecei a me questionar: O que há de errado? A resposta estava na minha cara, entretanto não enxergava. Será que você consegue descobrir a falha?
A questão é que sites de compras não envolvem apenas o produto, mas alguns serviços: entrega, empacotamento, preço, etc. Além disso, existe a capa, diagramação, etc. Ao ler as avaliações, descobri que livros de autores como Machado de Assis, José de Alencar, Jane Austen e outros, tiveram entregas demoradas. Embalagens mal-feitas danificaram as obras. Houve edições trocadas (no site apresentava uma capa e veio outra). Enfim, todas essas falhas que não se referiam às qualidades literárias da obra estavam sendo incluídas nas classificações. 
Eu sei que péssimas entregas influenciam na decisão. Eu mesmo não gosto de receber livros amassados ou rasgados. Todavia, não posso confundir a péssima qualidade do serviço com as características literárias da obra. Se determinado site não me entrega um livro em ordem, posso exigir uma troca, a devolução do dinheiro e até mesmo optar em comprar aquela obra em outro site sem desistir da leitura. Vejo com tristeza que muita gente olha para as estrelinhas sem saber o motivo das péssimas notas e já desistem da compra por completo. Com isso, riquezas da literatura caem no esquecimento, pois ninguém lê e ninguém comenta.
E não pensem que tais problemas ocorrem apenas com as versões físicas. Já vi ocorrerem falhas com a entrega de E-books que não abriam nos aplicativos ou no aparelho Kindle. A péssima atividade do site gerava poucas estrelas. Nesse caso, eram autores brasileiros que disponibilizavam seus E-books até de graça a serem prejudicados.
Por tudo isso, creio que devemos ler atenciosamente as avaliações para vermos o que está sendo levado em conta, quando uma obra não é bem avaliada. Entenderam? O que vocês acham disso? Compartilhem suas opiniões.
Abraços.

6 comentários:

  1. Oi, Fernando! Concordo com o que você escreveu, existem muitos livros muito bons com classificações baixíssimas. É muito triste, mas isso acaba por prejudicar demais outras pessoas a lerem a obra. Muitas pessoas avaliam dessa forma, se a entrega é mal feita, muitos dizem que a obra não vale a pena ser lida. Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Luciano. É lamentável ver isso acontecer.

      Excluir
  2. Oi, Fernando. Acredito que os comentários influenciam algumas pessoas, sim. E que mesmo a nível de texto, a leitura é algo muito pessoal. Já vi livros excelentes que leitores deram uma estrela. Vai de cada um saber filtrar na hora de ler os comentários também.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena que num mundo onde as pessoas criticam as "Marias-vai-com-as-outras", existam pessoas sem senso crítico e se influenciam por comentários sem fundamentos. Obrigado por seu comentário.

      Excluir
  3. Disse tudo, como sempre! rsrsrsrs
    Realmente, eu comecei a ler as avaliações de livros que eu tinha curiosidade, e não encontrava resenhas completas (a quais, prefiro), e aí fui percebendo que alguns julgavam pela capa/embalagem/entrega mal feita e não pela qualidade da obra literária.
    Outro ponto: treta x autores x blogueiros x leitores.
    Tem alguns comentários que percebemos claramente a treta que houve entre o comentarista e o autor da obra. A pessoa julgando sem base alguma, deixando claro que não leu a obra e sim, está apenas querendo prejudicar o autor e suas vendas.
    Eu gosto de ler, mas não confio nessas avaliações 100% não.
    Parabéns pelo artigo.
    Abraços.
    Ana,
    elvisgatao.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!