Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Garota Labirinto, de Frederico Lima, Editora Selo Jovem


Olá, Galera Literária!
Vamos conversar sobre Garota Labirinto, de Frederico Lima, uma publicação da Editora Selo Jovem. Ao me deparar com o título, imaginei que estaria diante de uma história que envolvesse uma garota rebelde. Optei em não ler a sinopse e arrisquei-me na leitura sem obter mais detalhes.
No início da obra, descobri que o livro não se referia exatamente a uma garota rebelde, mas que continha histórias de mulheres em diversas situações. O autor tece uma pequena apresentação e declara ser um conhecedor da alma feminina. 
Prossegui com a leitura e acabei me decepcionando. Não senti em nenhum momento uma presença verdadeira do feminino na obra. As histórias ou textos reflexivos apresentados falavam de sentimentos, entretanto faltou um verdadeiro toque feminino.
Os poucos textos que se aproximavam um pouco de algo feminino me pareceram ser escritos por um homem fingindo ser mulher. Faltou um pouco de verdade diante da proposta. Os textos em si não são ruins, pois trazem mensagens de otimismo, mas eu diria que elas se enquadram numa leitura que abrange o ser humano. Não diria que há uma mulher e nem um homem de forma plena. O autor descreveu aquilo que seria tocante tanto ao masculino como ao feminino.
A escrita do autor é boa, clara e objetiva. O que realmente prejudicou foi apresentar uma proposta não concretizada. Acredito que uma forma de salvar esses textos seria mudar o título da obra para algo tipo "Sentimentos Humanos". Dessa forma, a reunião desses escritos faria sentido.
O grande problema foi que o autor ousou, porém não cumpriu. Seria interessante ter um homem desvelando os sentimentos femininos, entretanto não houve uma preparação adequada para atingir o objetivo.
No Skoob, classifiquei a obra com DUAS ESTRELAS. Recomendo o livro, caso vocês queiram refletir sobre aquilo que é comum ao homem e à mulher. Como uma reflexão das atitudes femininas, a obra deixou muito a desejar. Para adquirir o livro, clique aqui.
Abraços.

4 comentários:

  1. Oi, Fernando! Que pena que a obra não tenha lhe agradado, e diante de sua classificação no Skoob de apenas duas estrelas fizeram eu ficar receoso em ler a obra, entretanto não sou desses que, deixam de ler um livro devido a sua baixa classificação. O tema do livro me interessa, sendo assim quando eu puder o lerei. Excelente sua análise, abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luciano.
      Muito obrigado pela presença. Quando ler a obra, conte-me o que achou. Estou curioso em saber sua opinião.
      Abraços.

      Excluir
  2. Já vi esse livro na editora e fiquei curioso justamente por causa do título.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não deixe de ler por causa de minha resenha. Leia e conte-me. Estou curioso para saber sua opinião!!!

      Excluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!