Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Traços, de Eduardo Cilto, Editora Planeta


Olá, Galera Literária!
Faz um certo tempo que acompanho o canal Perdido nos Livros, de Eduardo Cilto. Gosto do estilo do rapaz. Ao saber que ele publicaria um livro, fiquei feliz. Quando todo mundo critica os lançamentos de livros escritos por youtubers, surge um romance do Edu. 
Lombada de Traços
Eduardo Cilto não é apenas um youtuber, ele é um booktuber. Para quem não sabe, booktubers são youtubers que mantém um canal no Youtube dedicado à Literatura e ao hábito de ler. 
Livros fazem parte de minha paixão, por isso vi com bons olhos ter alguém que curte leitura lançar um romance. Minhas expectativas em relação ao Cilto eram altas e não me decepcionei com a leitura.
Contracapa do Livro Traços
Traços é um romance de formação. Conta a história do jovem Matheus que para ajudar uma amiga foge da casa dos pais localizada numa cidade pequena para ir à grande São Paulo. Na trajetória da viagem, Matheus e sua amiga Beatriz se envolvem em algumas aventuras inusitadas. Lendo essa descrição do enredo da obra, podemos ter a impressão de que se trata de uma história simples, entretanto a simplicidade não seria uma marca da narrativa. Em meio as ações do personagem, o protagonista Matheus reflete sobre problemas dos seres humanos. Nesse processo de reflexão, notamos o seu amadurecimento. 
Orelha da Capa do Livro Traços
O autor não detalha muito os cenários da viagem e nem as características físicas dos personagens, mas mergulha nos seus gestos e atitudes conduzindo-nos a uma filosofia do agir. Somos deparados com questões que fazem parte do mundo real e somos contemplados com a profundidade que as questões são trabalhadas.
Orelha da Contracapa do Livro Traços
Como um bom romance de formação, temos um enredo focado num protagonista jovem. Por esse motivo, os personagens secundários não são bem trabalhados. Alguns leitores criticaram essa característica da obra. Entendo que ainda falta informação para entender o que é um romance de formação. E mesmo o fato de não saber o sentido desse tipo de romance, percebi que não entenderam o contexto da história, faltando uma melhor interpretação.
Detalhe da Diagramação de Traços
Quem narra os acontecimentos é o jovem protagonista que se encontra num estado de fuga. O rapaz não quer que sua amiga e ele sejam reconhecidos, mas se entende que eles encontram pessoas no caminho. Matheus e Beatriz se deparam com gente diferente. Basta se colocar no lugar de quem viaja sozinho ou com apenas um amigo. Em qualquer viagem, vemos pessoas desconhecidas. Ao vê-las, só temos a imagem do momento, depois elas saem de nossas vidas. Nesse contexto, ficaria estranho que Matheus pudesse aprofundar nas características dos personagens secundários. Confesso que fiquei desapontado com algumas resenhas cobrando algo mais detalhados sobre os personagens que não protagonizavam a trama.
Será que Beatriz é chata?
Houve críticas sobre a personalidade de Beatriz, apontando-a como uma figura chata. Não consegui enxergar tanta chatice nela. Vi apenas uma adolescente normal como qualquer outra.
Para evitar spoilers, não posso dar mais detalhes da história, porém garanto que o romance desenvolve-se de maneira criativa e coerente. O autor soube mostrar que nem tudo é tranquilo na vida humana, entretanto somos capazes de lidarmos com nossos problemas para conviver com eles ou superá-los.
Traços, de Eduardo Cilto, é uma ótima dica de leitura. Sei que o autor escreveu um texto voltado para o público jovem, todavia isso não impede que pessoas mais velhas possam ler o livro e tirar grandes lições de sua mensagem. No Skoob, classiquei a obra com CINCO ESTRELAS. Para adquiri-la, clique aqui.
Aproveite para conhecer o Canal Filósofo dos Livros. Clique na imagem abaixo e inscreva-se:


Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!